Em vídeo brasileiro assedia garoto e pede para reproduzir frases de cunho homofóbicas, pedófilas
Em vídeo brasileiro assedia garoto e pede para reproduzir frases de cunho homofóbicas, pedófilas (Foto: Reprodução/Twitter)

Diante toda a repercussão negativa que um vídeo no qual homens brasileiros assediam uma mulher russa, com palavras de baixo calão. Um novo registro passou a circular nas redes sociais. Desta vez, um homem ensina xingamentos e termos obscenos para um menino, aparentemente menor de idade.

Nas imagens, o turista pede para o jovem repetir frases como “Eu sou um filho da p**a”, “Eu sou veado” e “Eu dou para o Neymar”. O caso revoltou os internautas que apontaram tendências além de homofóbicas, também pedófilas.

LEIA MAIS:


Bruna Linzmeyer e namorada Priscila Visman são flagradas em clima de romance no Rio

Leandro Hassum posta foto de cueca colorida e manda recado a LGBTs

De acordo com o portal Metrópoles l, o autor do vídeo pediu desculpas no seu perfil no Twitter e gravou um vídeo para a retratação: “Foi um vídeo infantil da minha parte. Esse tipo de brincadeira não faz parte da nossa nação brasileira.”