O vereador Cláudio Castro (PSC-RJ)
O vereador Cláudio Castro (PSC-RJ) (Foto: Divulgação)

O vereador Cláudio Castro (PSC-RJ) comparou o “preconceito” sofrido por gagos a LGBTfobia marcada por tantas pessoas da comunidade LGBTQ+.

A declaração foi feita durante a votação no senado do projeto de lei que propunha ajudar no combate à discriminação por causa de sexualidade e gênero, de autoria da vereadora Marielle Franco, assassinada no centro do Rio de Janeiro no fim de março.

LEIA MAIS:


Novas denúncias de assédio afirmam que ex-técnico da seleção de ginástica filmava os atletas nus

Disque 100 registra queda de 8,3% de denúncias de violência contra LGBTS

“Hoje, existe uma discussão muito concentrada apenas em uma camada da população que sofre discriminação. Esse debate tem que ser ampliado. Existem outros preconceitos, como o contra gagos”, disse Castro como argumento para justificar o seu voto.

Nas redes sociais, os internautas criticaram o posicionamento do deputado. “Impressionante como o argumento utilizado para interditar o debate é sempre esse, de que existem inúmeros outros preconceitos. Existe preconceito contra gago? Diria que sim, mas é radicalmente distinto daquele exercido contra negros e LGBTs”, comentou um internauta.

DEIXE UMA RESPOSTA