Los Angeles Football Club
Los Angeles Football Club (Foto: Reprodução/Goal.com)

O Los Angeles Football Club se juntou a um grupo de torcedores para condenar um canto homofóbico durante a partida que inaugurou o ‘Banc of California Stadium’, casa do time em questão no domingo (29).

Em nota, a equipe repudiou as manifestações discriminatórias vindas da arquibancada. “Não será perdoado nenhum canto ofensivo em outras linguagens ou cantos inapropriados. Não há espaço para isso no Banc of California Stadium e muito menos dentro do clube”, disse o pronunciamento.

LEIA MAIS:


Torcedor do Flamengo que deu tapa no bumbum de jogador afirma: “Melhor que abraçar minha mulher”

Secretaria da Cultura de SP abre edital para projetos com temática LGBT

O cântico homofóbico aconteceu no momento em que os jogadores do time adversário, o Seattle Sounders faziam o aquecimento para entrar em campo. A justiça do LAFC afirmou que se qualquer um dos torcedores fosse identificado fazendo qualquer ato ofensivo, seria penalizado e banido do estádio, além de perder a carteirinha de sócio do clube.

O LAFC venceu sua estreia na nova casa por 1 a 0. A decisão foi dada nos instantes finais dos acréscimos. O gol da vitória foi realizado pelo capitão Laurent Ciman.