Religioso
Religioso (Foto: Reprodução/Internet)

Dois seminaristas foram expulsos do Colégio Irlandês de Roma, após serem flagrados completamente nus em uma cama pelo reitor, na semana passada. As informações são do jornal Irish Times.

Após chegarem de um evento que celebrou o 50º aniversário da encíclica de 1968 do Papa Paulo VI, Humanae Vitae, os colegas de dormitório aproveitaram para manter relações sexuais, quando foram pegos no meio do ato.

Os aspirantes a sacerdotes foram devolvidos para suas casas e não há informações sobre um possível retorno. “não é apropriado comentar sobre os indivíduos”, desconversou um porta-voz dos bispos católicos.


LEIA MAIS:

Estado de Palm Springs registra surto de Sífilis entre LGBT

Martinho da Vila comenta teoria de letra de “Mulheres” falar sobre uma relação gay: “Acho bem bacana”

Contraditoriamente, os rapazes foram transferidos do Patrick College para a então instituição religiosa por determinação do Arcebispo de Dublin, Dr. Diarmuid Martin, que classificou a anterior, localizada em Maynooth, com a reputação manchada por ser conhecida como uma escola de festas.

Um dos casos mais famosos é que um grupo de jovens seminaristas com perfis de Grindr que se juntavam a padres da arquidiocese de Dublin.