Mais cedo, nós do Observatório G postamos sobre um tweet publicado no perfil da Pabllo Vittar sobre uma campanha intitulada “Minha Última Música” que pedia aos seus seguidores para compartilhar qual seria a canção escolhida para ouvir antes de morrer, caso fosse vítima de homofobia. A mensagem supostamente publicada por um integrante da equipe de social media. desagradou a drag queen que chegou a demitir o responsável. Pois bem, a ação, na verdade, foi lançada pela rádio Jovem Pan para “celebrar” o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia.

“Dia 17 de maio, Dia Internacional Contra a #Homofobia. Para falar dos números crescentes de violência contra #LGBTQ no Brasil convidamos todos vocês à se colocarem dentro desta triste estatística, manifestando qual seria #MinhaUltimaMusica. Mande sua mensagem, participe e ajude a chamar a atenção para o tema”, anunciou o Facebook da rádio.

Porém o que seria algo como forma de conscientização e reflexão sobre a discriminação sofrida por membros da comunidade LGBT diariamente, não foi bem aceita, e logo muitos internautas criticaram a ideia como algo de péssimo e mau gosto.


LEIA MAIS:

Malta é eleito o melhor lugar para viver como LGBT na Europa

“Só a Andressa vai saber”, revela Thammy Miranda sobre implante de prótese peniana

A emissora de rádio é conhecida por muitos dos seus ouvintes por ter posições conservadoras e muitos acreditam que estão tratando um assunto sério como o combate a Homofobia com um assunto sério. A Jovem Pan ainda não se pronunciou sobre o caso.