Polícia Federal
Polícia Federal (Foto: Divulgação)

Acusado de manter e gerenciar sites e fóruns com mensagens de ódio racistas e homofóbicas, o analista de sistemas Marcello Valle da Silveira Mello foi preso pela Polícia Federal, nesta quinta-feira (10).

De acordo com as investigações, as páginas administradas por ele continham informações que apoiavam crimes como pedofilia – com direito a um manual de como violentar menores de idade -, estupro de mulheres e o assassinato de homossexuais.

Outras acusações contra Mello também são investigadas pela PF por fazer ameaças a autoridades como juízes, promotores e policiais, além de órgãos públicos e universidades em suas páginas. As informações são da revista Veja.


LEIA MAIS:

Suspeito de matar namorada travesti a facadas é preso em Feira de Santana

Projeto de Lei que proíbe uso do nome “gênero” nas escolas avança na Câmara

“Ele mandou mensagens a universidades, por exemplo, dizendo que iria explodir uma bomba e matar centenas de pessoas”, afirmou o delegado Flavio Setti, da Polícia Federal, responsável pelas investigações, em entrevista coletiva na sede da PF em Curitiba. 

Marcello é acusado dos crimes de racismo, ameaça, incitação ao crime e terrorismo. Outros sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Santa Maria (RS) e Vila Velha.

DEIXE UMA RESPOSTA