bandeira lgbt
Bandeira LGBT (FOTO: Reprodução/Internet)

O governo do Havaí assinou na sexta-feira (25) a lei que proíbe terapias de reversão sexual, a chamada “cura gay” em menores de idade. A proposta foi aprovado no último 10 de abril pelo Senado na região. As informações são do site Pink News.

A decisão, que deve começar a valer a partir do dia 1° de julho, tornou o estado como o 12º dos Estados Unidos a banir o método definitivamente, junto com Nova Jersey, Califórnia, Oregon, Illinois, Vermont, Novo México, Connecticut, Rhode Island, Nevada, Washington e Maryland.

LEIA MAIS:


APOGLBT realiza 18º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade nesta sexta (1º)

Mateus Carrilho lança primeira música em carreira solo; Ouça “Privê”

O presidente do Comitê LGBT dos Democratas, Michael Golojuch, conta que a decisão é uma conquista para toda a comunidade. “Esta é uma prioridade da convenção há anos. Garante que jovens LGBTs não serão torturados por suas famílias e pseudo profissionais da saúde mental”.

Esmagadora pesquisa científica mostrou que a” terapia de conversão “não é eficaz e frequentemente tem impactos psicológicos duradouros e prejudiciais em menores. A prática não é nem médica nem eticamente apropriada”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA