Cena do filme Girl
Cena do filme Girl (Foto: Divulgação)

O drama com temática LGBT Girl conquistou o Queer Palm, dedicado às produções do gênero no Festival de Cannes 2018. O filme retrata a história de uma bailarina transexual de 15 anos, que está passando pelo processo de descoberta da sua identidade de gênero e também dos dilemas causados pelas mudanças no corpo durante a adolescência.

O longa é o primeiro do diretor Dhont, que levou também outro prêmio para a estante o Caméra d’Or, troféu destinado ao melhor diretor estreante. Mas a novidade não fica só na direção.

No elenco, o bailarino Victor Polster debuta em seu primeiro trabalho no cinema e a sua atuação rendeu elogios na imprensa internacional. Além de ainda abocanhar, o prêmio do júri da Un Certain Regard (mostra paralela do festival) de melhor performance.


LEIA MAIS:

Participante do Power Couple causa revolta ao xingar motorista de “viado”

Vice-presidente da APOLGBT sobre Parada de São Paulo:”Evento feito no osso”

A trama gira em torno da não aceitação de Lara (Victor Polster) com a sua identidade de gênero, que não aceita ter sido designada como do gênero masculino. O processo de transição de gênero da personagem não é alvo de discriminação em nenhum momento, nem pela sua família, nem dos seus colegas.

DEIXE UMA RESPOSTA