bandeira lgbt
Bandeira LGBT (FOTO: Reprodução/Internet)

A Faculdade Maurício de Nassau, em Fortaleza, abriu um processo administrativo para apurar uma denúncia de homofobia cometida por um professor contra outra docente da instituição. As informações são do O Povo Online.

O episódio aconteceu dentro da sala de aula e a informação foi levada até a coordenação por alunos que presenciaram a situação, que teria acontecido no último dia 24.

De acordo com os relatos dos alunos, o professor do curso de Engenharia, da Unidade Benfica, que não teve o seu nome revelado, teria feito insultos de natureza homofóbica contra a colega durante comentários em uma das aulas.


LEIA MAIS:

269 Chili Pepper recebe programação especial na semana da Parada LGBT de São Paulo

Lia Clark lança clipe para atual single “Q.M.T”; assista

A motivação dos insultos seria porque a suposta vítima defende sua tese de doutorado em gênero. Alunos do professor que não quiseram se identificar afirmam ter uma gravação no qual provam as acusações contra o professor.

Após a divulgação do áudio, o docente teria enviado uma nota de retratação, na qual pede desculpas pelo comentário infeliz. Um abaixo-assinado online pedindo a saída do professor já contava com 49 assinaturas até a noite desta terça-feira (29).

DEIXE UMA RESPOSTA