Papa Francisco
Papa Francisco (Foto: Reprodução/Instagram)

O Papa Francisco voltou a dar declarações que demonstram tolerância a respeito de assuntos ligados a minorias sociais, como a homossexualidade. Em entrevista ao jornal El País, Juan Carlos Cruz que é gay assumido, revelou conversas particulares que teve com o pontífice.

“Juan Carlos, que você é gay, não importa”, contou o fiel à publicação. “Deus te fez assim e te ama assim e eu não me importo”, continuou. “O Papa te ama assim. Você tem que estar feliz com quem você é”, declarou o religioso.

LEIA MAIS:


Agressões a LGBTs no 1° trimestre no Rio superam registros de todo o ano de 2017, aponta relatório

Com protagonista lésbica, nova versão de Charmed ganha 1º trailer; assista

Cruz se tornou um porta-voz extraoficial das vítimas do reverendo chileno Fernando Karadima, considerado culpado por abusos sexuais a menores de idade , em 2011, pela Igreja Católica.

O papa organizou a formação de uma cúpula para tratar de casos semelhantes que ocorreram dentro do clero chileno. A reunião resultou na renúncia de 34 bispos católicos do país.