Marjorie e Hemilia Guedes em cena do filme Paraíso Proibido
Marjorie e Hemilia Guedes em cena do filme Paraíso Proibido (Foto: Reprodução)

Com receio da reação contrária do público, a diretora Monique Gardenberg decidiu cortar as cenas de sexo lésbico protagonizadas por Marjorie Estiano e Hemilia Guedes no filme Paraíso Proibido.

De acordo com o jornal Extra, as sequências mais picantes foram todas excluídas, e de imagens de afeto apenas uma de um beijo trocado entre as duas será mantida.

LEIA MAIS:


Papa Francisco ordena que bispos não escolham seminaristas gays, diz jornal

Assassinos de travesti em Campo Grande são condenados, juntos, a mais 26 anos de prisão

A trama será conduzida pela música popular romântica, e conta a história de uma família que tem como o seu chefe José, interpretado por Erasmo Carlos, que após a morte da mulher passa por diversas dificuldades e decide abandonar a carreira acadêmica e abre uma boate que dá nome ao longa.

No elenco, nomes como Seu Jorge, Julio Andrade, Humberto Carrão e do cantor Jaloo, que viverão um romance, que por enquanto tem cenas de sexo gay e nu frontal do jovem galã. O filme tem previsão de estreia para o dia 30 de maio.