As candidatas trans ao Miss Bumbum 2018: Paula Oliveira e Gabriela Spinella
As candidatas trans ao Miss Bumbum 2018: Paula Oliveira e Gabriela Spinella (Foto: Patrick Britto/Divulgação)

Responsável por alçar muitas subcelebridades à fama, a edição 2018 do Concurso Miss Bumbum está no centro de uma polêmica entre as 27 candidatas divulgadas, na qual duas delas são transgêneros, o que causou revolta de uma de suas colegas a ponto de desistir da competição antes mesmo do seu início.

Uma modelo que preferiu não se identificar, e estava inscrita na competição de beleza contou ao portal IG que pediu a sua saída após a divulgação das concorrentes Paula Oliveira e Giovanna Spinella, ambas transgêneros. “Muita gente me mandou mensagem perguntando se eu também sou trans, não me senti confortável”, disse.

LEIA MAIS:


Pabllo Vittar revela usar aplicativos de encontros:”Sou eu mesma”

Fernanda Gentil conta como filho mais velho reagiu a namoro com Priscila Montandon: “Sorriu”

Paula Oliveira, defensora do estado Amazonas, passou pela transição de gênero com direito a realização cirurgia de redesignação pelo Sistema Único de Saúde (Sus) e teve o total apoio do seu pai e família. “Fiz a cirurgia pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Foi um processo demorado, mas o resultado me deixou muito feliz”,

Já Gabriela Spinella, representante do estado do Rio Grande do Norte, diz “que se sentiu honrada em poder participar.” A final do concurso acontece a partir do dia 06 de agosto quando haverá o início das votações.

DEIXE UMA RESPOSTA