Gay pegou o buquê da noiva e gerou revolta em casamento
Gay pegou o buquê da noiva e gerou revolta em casamento (Foto: Arquivo Pessoal)

O momento que a noiva joga o buquê de flores no final do casamento é sem dúvida um dos mais esperados entre as solteiras da festa. Como manda a tradição, aquela que pegá-lo será a próxima a casar. Porém um fato inusitado aconteceu durante a cerimônia de Daiane Benevides, no dia 14 de abril, quando um amigo gay da noiva foi o presenteado com as flores causando alvoroço e muitas críticas.

Em entrevista ao RD News, Heryck Guimarães, de 25 anos, contou que foi autorizado pela noiva, assim como outros gays que estavam na festa, mas a sorte estava do seu lado, pois o ramalhete veio em sua direção. “Por eu ser mais alto e pelo fato de algumas mulheres reclamarem disso, eu apenas pulei para o alto quando ela jogou. Não pulei em cima de ninguém”, assegurou. “Mas não sabia que muita gente ficaria revoltada”, lamentou.

O fato do rapaz pegar o buquê acabou gerando confusão entre os convidados que disseram que um homem não poderia estar na disputa para pegar as flores. Diante da repercussão, Daiane se pronunciou dizendo que todos estavam aptos a pegar o buquê em seu casamento.


LEIA MAIS:

Paraná tem o primeiro pastor gay a se candidatar a deputado estadual no Brasil

Casal gay recebe cartilha anti-gay ao invés de panfletos de casamento

“Eu o defendi. Falei que não havia diferença se um homem ou uma mulher pegasse o buquê. Disse que ali éramos dos direitos humanos e não havia espaço para machismo nem homofobia. Reforcei que se alguém estivesse incomodado, deveria se retirar”, disse ela que também é defensora dos Direitos Humanos.

Apesar de ser agraciado com o buquê, Heryck, que está solteiro, não pensa em casar tão cedo. “Eu não estou muito esperançoso de que vou casar um dia, não. A previsão, ao menos para este ano, é que isso não aconteça, porque estou solteiro e nem sei se essa situação ainda vai mudar”, revelou.

Confira o momento:

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA