A atriz Gabriela Loran
A atriz Gabriela Loran [Foto: Reprodução/Gshow]

A primeira atriz transgênero a integrar o elenco, em 23 anos, na atual temporada de Malhação, Gabriela Loran falou sobre como é importante para a representatividade LGBT a sua presença na novela das tardes da Globo em entrevista ao Notícias da TV.

“A importância de ser a primeira atriz trans em Malhação é enorme. Tem uma responsabilidade muito grande, porque estou representando um monte de gente que não se sentia representada. Tanto que recebo mensagens de meninas que voltaram a assistir a TV por conta disso. E não só para nós, pessoas trans, como também para pessoas que não entendem e que não conhecem”, afirmou.

Sobre a personagem, ela confessa que se identifica muito com a professora de stiletto. “Quando a Gabi Medeiros [produtora de elenco] me convidou para fazer o teste eu já sabia que era a minha vez. Sabia. Porque quando eu li a descrição da personagem, era muito parecida comigo. Fiquei muito feliz logo de cara”, revelou.


LEIA MAIS:

Esposa de Thammy Miranda confirma inseminação artificial: “Vamos ter bebês”

Candidata ao Miss Bumbum deixa concurso em protesto contra concorrentes trans

A intérprete de Priscila também falou sobre o seu processo de transição de gênero ao qual foi inteiramente apoiado pelos pais e amigos. “Quando comecei a minha transição de gênero era uma coisa nova para mim e para a minha família, que sempre esteve ao meu lado e nunca me questionou nada. Houve um estranhamento de início”, lembrou.

“Quando você começa a se ver se transformando, caminhando e se identificando consigo mesma, realmente é muito bom. E a minha família foi muito receptiva. Eles são meu alicerce. Nunca me questionaram e sabiam que era um momento muito meu”, contou.

DEIXE UMA RESPOSTA