Bandeira trans
Bandeira trans (Foto: Reprodução)

Uma travesti de 46 anos foi encontrada morta, no sábado (07), com sinais de perfurações no pescoço e rosto dentro de sua casa, no bairro Ponto Central, na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

De acordo com o coordenador da Polícia Civil local, Roberto Leal, as investigações são feitas a partir da hipótese de latrocínio, quando há roubo seguido de morte, já que o local estava revirado, sobretudo nas gavetas, além da bolsa e documentos pessoais da vítima também terem sido levados.  

VEJA TAMBÉM:


Jovem afirma sofrer ataque homofóbico ao sair de boate LGBT em Taubaté

Homem processa academia após flagrar rapazes se masturbando em sauna

Ainda segundo Leal, um suspeito pelo crime já foi identificado. O corpo da travesti foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passou por uma perícia e foi liberado. Porém informações sobre o sepultamento.