Bandeira trans
Bandeira trans (Foto: Reprodução)

A mulher transexual Millany Santos, de 23 anos, foi encontrada morta em casa neste domingo (15), no bairro de Marcos Freire II, no Município Nossa Senhora do Socorro, em Sergipe.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), ela estava desaparecida desde sexta-feira (13), quando fez o seu último contato com a família no qual pediu orações ao se queixar de fortes dores de cabeça e febre.

VEJA TAMBÉM:


Brasil registra 126 mortes de LGBTs no primeiro trimestre de 2018, aponta relatório

Justiça determina prisão preventiva de homem que matou motociclista atropelado ao perseguir travesti

A causa da morte de acordo com o Instituto Médico Legal (IML) seria por asfixia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Millany mantinha um namoro com um rapaz que vivia nas proximidades da casa da vítima, no loteamento Mariana.

Sem notícias da filhas, a mãe decidiu ir até a residência da filha, que se encontrava trancada. Após bater várias vezes e ninguém atender, ela resolveu pedir ajuda a uma viatura policial que se encontrava próximo ao local, foi quando arrolbaram a porta e encontraram o corpo de Millany.

Com informações do site Infonet.