A jogadora de vôlei Tiffany Abreu
A jogadora de vôlei Tiffany Abreu (Foto: Reprodução/Instagram)

Apesar da carreira no esporte de vento em popa, com direito a proposta para jogar na Coréia do Sul e também pré-convocação para a seleção brasileira, a jogadora transgênero de vôlei Tiffany Abreu pode também entrar na política.

De acordo com a jornalista Andreza Matias, do jornal Estadão, a atleta recebeu um convite para se lançar como deputada federal nas próximas eleições filiada ao Partido Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), o mesmo do atual presidente da república Michel Temer.

Leia Mais:


“Nosso governo será da diversidade”, afirma Guilherme Boulos, pré-candidato do PSOL

Justiça concede mudança de gênero na certidão de criança interssexual no Acre

Tiffany ainda não respondeu ao pedido, e nem confirmou a respeito da veracidade das informações. Ela ficou conhecida pelos protestos após ser aceita pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para defender o time de Bauru e também participar da Superliga feminina.

Vale lembrar que apesar da alta rejeição de Temer, em seu governo ações em benefício da comunidade trans foram executadas, como o respeito a identidade de gênero e ao nome social em escolas do ensino médio e o fim da burocracia para retificar o nome civil.

DEIXE UMA RESPOSTA