Léo Áquila em A Fazenda
Léo Áquila em A Fazenda (Foto: Divulgação/Record)

Participante da edição de A Fazenda, a jornalista e cantora transgênero Léo Áquila revelou em entrevista ao TV Fama, da Rede TV!, que passou por um processo de depressão após a sua passagem pelo reality da Record.

“Fiquei três meses em tratamento, feito inclusive pela psicóloga da Record, por que eu saí muito deprimida de lá”, contou. Por causa da experiência, ela afirmou que não aceitaria participar do Power Couple, outro programa do mesmo segmento. “Fiquei meio com pé atrás.”

Leia Mais:


Anderson Tomazini, o Xodó de O Outro Lado do Paraíso, nega boatos de ser gay: “Nada contra”

Pabllo Vittar lança clipe de Indestrutível com mensagem emocionante de superação

A loira acredita, porém, que o apoio moral de estar na atração ao lado do marido Chico Campadello pode fazer com que ela estude melhor a proposta. “Uma coisa é você estar com a sua família que te dá esse respaldo emocional. Outra coisa é você passar três meses trancada naquela fazenda. Nossa! Quando sair de lá queria respirar”, lembrou ponderando que apesar dos pesares recebeu um bom cachê da passagem no formato, que deu até para pagar um apartamento.

Áquila deu as declarações na festa de lançamento do seu mais novo clipe “Mas que trans é essa?” , que faz uma crítica aos homens que têm vergonha de assumir relacionamentos com pessoas trans. “É um alerta para todos os homens que gostam mas não assumem que nós somos seres humanos e precisamos ser amadas. Graças a Deus isso não acontece comigo”, comemorou ela que esta casada com Chico desde 2016.