Presidente congressista Rahul Gandhi
Presidente congressista Rahul Gandhi (Foto: Reprodução)

Um dos países do mundo onde a homossexualidade ainda é considerada crime, a Índia pode mudar esta realidade dentre em breve, se depender do atual presidente do congresso Rahul Gandhi, que prometeu remover a lei durante um discurso em Bengaluru.

A declaração foi feita durante um evento ao lado da ativista transexual Akkai Padmashali que confirmou o desejo do congressista, segundo ela, já havia manifestado em outras ocasiões a vontade de excluir a resolução do código penal local.

LEIA MAIS:


Cresce número de infectados com Sífilis no mundo, alerta OMS

Mãe posta depoimento emocionado para filho gay ao assistir novo clipe de Pabllo Vittar

Vale lembrar que em 2012, a Suprema Corte tentou fazer o mesmo sob o argumento de que esta era uma questão que não cabia o governo julgar. Porém não foi para frente. Outro congressista Sashi Tarroor também tento mudar a legislação indiana, em 2016, mas foi impedido pelo oposicionista Lok Sabha que se mostrou contra a medida.

DEIXE UMA RESPOSTA