Bar LGBT Caras e Bocas em Salvador
Bar LGBT Caras e Bocas em Salvador (Foto: Divulgação)

O bar Caras & Bocas, dedicado ao público LGBT e localizado no centro de Salvador foi alvo, pela terceira vez, de um ataque supostamente por motivação homofóbica na noite do sábado (07). Em seu perfil no Facebook, Marcos Borges, intérprete da drag queen Nina Codorna, que estava no local no momento do ocorrido, afirmou que o estabelecimento foi atingido por um bloco de concreto no telhado, jogado por uma pessoa, moradora do prédio vizinho.

“Uma pessoa que atira um bloco de concreto do alto de sua janela, ela não quer apenas quebrar apenas um telhado de um estabelecimento. Ela quer machucar quem está abaixo dele. Ela quer matar!”,  escreveu em um post nas redes sociais.

LEIA MAIS:


Cinco acusados do assassinato da travesti Dandara são condenados em Fortaleza

Atriz que interpretou Jesus como trans em peça desabafa sobre polêmica:”Massacre às artes”

Ainda segundo Borges, os destroços atingiram ele e outras pessoas que estavam presentes na frente do bar. A publicação alega saber de qual janela o tijolo foi arremessado e o caso foi relatado à polícia, porém, o performer diz que nada foi feito. “Vai precisar alguém ficar ;gravemente ferido ou MORRER para tomarem alguma atitude?”, questionou.

Os atentados não pararam por aí, após jogar o bloco de concreto, do mesmo local foram arremessados sacos com gelo ao grupo atingido que começou um protesto contra a agressão. Não é possível que um homofóbico, assassino em potencial saia impune e não possamos fazer nada, temos que esperar alguém se machucar feio ou morrer para que uma denuncia mais concreta seja feita?”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA