LGBTfobia
LGBTfobia (Foto: Reprodução)

Um jovem gay morador de Araras, município localizado há 167 km da capital São Paulo, alega ter sido agredido por seis homens durante o retorno para casa, na madrugada da última segunda-feira (02). A vítima, que preferiu não se identificar, acredita que o crime tenha motivação homofóbica.

Após o episódio, os suspeitos fugiram e ainda não foram identificados. O rapaz, de 22 anos, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Civil local, que irá investigar o caso, que foi relatado pela vítima em seu perfil no Facebook e até agora o post já ultrapassa mais de 1,7 mil curtidas e 400 compartilhamentos.

Leia Mais:


Atriz que interpretou Jesus como trans em peça desabafa sobre polêmica: “Massacre às artes”

Queens de “Rupaul” sofrem homofobia em lanchonete na Inglaterra

“Fui pego de surpresa com um soco no nariz, vários chutes e pauladas. Me agrediram até eu entrar no hospital”, relatou ele que foi espancado em frente a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O estudante sofreu uma fratura no nariz, além dê luxações nos olhos, constatadas após a realização do exame do corpo de delito. “Estou com medo de sair na rua e de entrar em contato com outras pessoas a não ser do meu círculo social. Estou indignado e meus familiares estão sofrendo muito”, lamentou.

As informações são do G1.

Jovem de 22 anos foi agredido por seis homens em Araras (SP)
Jovem de 22 anos foi agredido por seis homens em Araras (SP) (Foto: Reprodução/Facebook)