O jogador de rúgbi Simon Dunn
O jogador de rúgbi Simon Dunn [Foto: Divulgação]

Em protesto a um comentário homofóbico do jogador de rúgbi australiano Israel Folau, Simon Dunn, outro atleta da mesma modalidade, publicou no seu perfil no Instagram uma foto beijando o seu colega Felix após a vitória do time londrino King Cross Steelers.

No Twitter, Dunn compartilhou a imagem marcando Folau, além de solicitar que os seus fãs fizessem o mesmo para que o post chegasse até o seu alvo e com tantas notificações seria impossível ele não ver o clique.

Em entrevista ao site Gay Times, Simon disse que a atitude dele e de Felix foi para combater a homofobia tão presente no esporte. “Infelizmente, o mundo esportivo ainda é um lugar onde beijar o parceiro depois da vitória de nossa equipe ainda é visto como um ato de rebeldia”, analisou.


“É um ambiente onde comentários homofóbicos podem ser defendidos como ‘apenas questão de opinião’ – e isso é realmente preocupante. Dediquei minha vida ao esporte e, sendo um atleta gay, continuarei a fazer o que é natural para mim e espero quebrar os estereótipos no processo”, completou.

LEIA MAIS:

Clube afasta ex-técnico da seleção masculina de ginástica artística acusado de abuso sexual por atletas

Em novo clipe, banda U2 celebra diversidade de gênero; assista

No início deste mês, Israel Folau causou polêmica ao declarar, em perfil no Instagram, que gays iriam acabar no inferno, a não ser que se redimissem dos seus pecados e “se voltassem a Deus”.

Diante da repercussão negativa, o post foi apagado, mas fez com que o comitê de rúgbi da Austrália imposse uma sanção ao jogador, já que a homofobia vai contra a política de inclusão no esporte.

Victory kiss. 📷: @matt_jme

Uma publicação compartilhada por 🇦🇺 Simon Dunn (@bysimondunn) em