A atriz Clarissa Pinheiro
A atriz Clarissa Pinheiro na supersérie Onde Nascem os Fortes (Foto: Divulgação/TV Globo)

No ar como a motorista Gilvânia, na supersérie “Onde Nascem os Fortes”, da Globo. A atriz Clarissa Pinheiro contou em entrevista ao jornal Extra sobre a importância de fazer um papel lésbico na TV para a representatividade LGBT.

“É uma honra fazer uma homossexual num momento em que estamos tentando quebrar preconceito”, afirmou ela acrescentando que a personagem tem um olhar cômico.

LEIA MAIS:


Pabllo Vittar apresenta seu novo programa no Multishow: “Ansiosa e feliz”

Aconselhado por Renata Sorrah, Aguinaldo Silva volta atrás no retorno de Nazaré como trans em próxima novela

O jeito engaçado de Gilvânia serve como uma válvula de escape de toda a carga dramática que cerca a trama. “Ela vem como um respiro, uma gota d’água, em meio à dureza do sertão. Gilvânia não desrespeita a dor de tudo que a cerca, mas procura olhar a vida de forma mais serena”, analisou.

Os galanteios, que muitas vezes parece passar dos limites, dentre as mulheres da história é uma das características que mais chamam a atenção da intérprete. “Ela também é bem saidinha, gosta bastante de paquerar. Não vou dizer que minha personagem vai se apaixonar por alguém, talvez se apaixone por várias pessoas”, acredita.