LGBTfobia
LGBTfobia (Foto: Reprodução)

Um casal gay foi encontrado morto dentro da casa em que vivia há pelo menos três meses no bairro Campinas de Pirajá, região periférica de Salvador, nesta quinta-feira (25). Os corpos de Josenildo da Silva Paiva, de 18 anos e Fábio de Jesus, de 35, estavam no banheiro do imóvel apenas de cueca.

De acordo com a perícia feita pela polícia, as vítimas estavam no quarto, provavelmente dormindo, quando tiveram a casa invadida e correram para o banheiro, onde foram executados. Marcas de tiros no portão da residência apontam que várias munições foram usadas no momento do crime.

LEIA MAIS:


Professora vence processo contra irmão de aluno que a acusou de incentivar homossexualidade em aula

Loja do Reino Unido é acusada de impedir mulher trans de utilizar provador feminino

Há sinais de arrombamentos e os cômodos estavam bagunçados. Há também indícios de luta. Apesar da autoria e motivação para o ocorrido ainda seja desconhecida, mãe de Josenildo acredita que a homofobia foi a motivação para os assassinatos. As informações são do Correio 24 Horas.

Ainda na publicação delegado Líbio Braga informou que nenhum homicídio na região acontece sem que seja aprovado pelo líder da facção criminosa da área. Uma vizinha do casal que vive na mesma rua, afirmou que eles estavam juntos há quase dois anos. Josenildo era estudante, já Fábio, cozinheiro.