O cabeleireiro Daryll Rowe (FOTO: Reproduçao/Internet)
O cabeleireiro Daryll Rowe (FOTO: Reproduçao/Internet)

O tribunal de Brighton Crown, no Reino Unido, condenou à prisão perpétua, nesta quarta-feira (18), o cabeleireiro Daryll Rowe, de 27 anos, por infectar com o vírus HIV, de maneira proposital, outros rapazes que conheceu através do aplicativo Grindr.

De acordo com o jornal The Independent este é o primeiro caso registrado de alguém que foi considerado culpado por espalhar intencionalmente o vírus da AIDS. Durante a leitura da sentença através da juíza Christine Henson, Rowe não esboçou nenhuma emoção.

VEJA TAMBÉM:


Após ameaças do namorado, drag queen Conchita Wurst revela ser portadora do vírus HIV

A Kid Like Jake: Filme sobre criança trans ganha seu primeiro trailer; assista

Nove das dez vítimas estavam presentes no julgamento. Em novembro do ano passado, Rowe já havia sido considerado culpado de infectar cinco homens e tentar transmitir a doença para outros cinco. Agora ele terá que cumprir pelo menos 12 anos em regime fechado, para depois pedir liberdade condicional.

A juíza que acompanhou o caso fez uma analogia a “sentença de morte” ao se referir aos homens que serviram como alvo de Rowe. “Muitos destes homens eram muito jovens, estavam na casa dos seus 20 anos, na altura em que tiveram a infelicidade de o conhecer”, afirmou.