Bruna Linzmeyer
Bruna Linzmeyer (Foto: Reprodução/TV Globo)

A atriz Bruna Linzmeyer contou, em entrevista ao canal a cabo GNT, que se assumir lésbica, no fim do ano passado foi de extrema importância para ajudar muitas mulheres e meninas a também assumirem a sua sexualidade.

“Já ouvi de algumas mulheres, meninas, que conseguiram conversar com os pais a partir de alguma declaração que eu fiz. E também da representatividade, né, quantas mulheres lésbicas famosas na mídia? Isso é muito importante. Eu fico pensando quais eram as referências que eu tinha. Quase nenhuma. É importante a gente falar e é tão normal. Por que a gente trata como se não fosse?”, questionou ela durante a 4ª edição do prêmio Glamour que aconteceu nesta quarta-feira (04), em São Paulo.

VEJA TAMBÉM:


Marc Jacobs pede namorado em casamento com flashmob em Nova York

Kesha participa de EP especial em apoio a comunidade LGBT

Desde que tornou o namoro com Priscila Visman público, Bruna afirma ser alvo de preconceito. Porém, apesar da repercussão que o relacionamento ganhou na mídia, ela garante que nunca escondeu a bissexualidade dos fãs. “Nunca foi uma opção não falar. Eu sou lésbica e é isso. Eu não poderia não falar porque é a minha vida. É o que eu sou.”

“E ao mesmo tempo eu fui descobrindo a importância de falar sobre isso, de ser lésbica e como isso é um ato político. De como a partir disso, a gente gera discursos. Eu, obviamente, não me encaixo só nessa caixinha. A minha existência é muito maior do que ser uma mulher lésbica. Mas eu entendo que é importante falar sobre isso e aproveito a visibilidade que tenho para lutar”, completou.