O ator André Gonçalves
O ator André Gonçalves [Foto: Divulgação/TV Globo]

Convidado do Programa do Porchat desta segunda-feira (23), o ator André Gonçalves lembrou da  repressão homofóbica que sofreu quando interpretou o personagem gay Sandrinho, na novela A Próxima Vítima(1995), da TV Globo. Ele contou que teve que andar com seguranças por receber ameaças de morte no bairro em que morava.

“Eu passei muitos maus bocados na carreira em relação a isso. Em A Próxima Vítima, a gente foi perseguido, tomamos ovada, fui até ameaçado de morte. Fiquei três meses com segurança. Graças ao bom Senhor, hoje está tudo resolvido”, relatou.

LEIA MAIS:


Thammy Miranda mostra corrida para implantar pênis em “Os Gretchens”

Após 23 anos, Malhação tem sua primeira personagem trans na trama

Gonçalves ainda falou sobre o período que passou como contratado da Globo e a expectativa para viver o vilão Barrabás, na próxima produção da Record que irá retratar a vida de Jesus.

“Eu tô muito feliz porque é um papel totalmente diferente do que eu fiz na minha carreira nos últimos tempos. Normalmente fiz galãs mais românticos, personagens voltados pra questão gay”, comentou.