Ru Paul Andres Charles
Ru Paul Andres Charles (Divulgação)

A drag queen RuPaul usou o seu perfil no Twitter para pedir desculpas, após fazer declarações polêmicas a respeito da performance de mulheres cis e transgêneros como drag queens em entrevista ao jornal The Guardian, nal qual afirmou que não permitiria a presença delas no elenco de RuPaul’s Drag Race, o seu reality show que chega a sua décima temporada.

 

Todas as manhãs eu rezo para poder esquecer tudo o que eu acho que sei, para que tenha uma mente aberta para uma nova experiência. Eu entendo e me arrependo da dor que eu causei. A comunidade trans é feita de heróis do nosso movimento LGBTQ. Vocês são meus professores”, escreveu a performer na rede social.


Leia Mais: Candy Mel relata revista transfóbica em aeroporto: “Muito violento”

As falas da MamaRu causaram polêmica, após a apresentadora afirmar que mulher trans não pode participar da atração. Ressaltando que “A pessoa pode se identificar como mulher e dizer que está fazendo a transição, mas uma vez que você começa a mudar seu corpo, isso é diferente. Muda todo o conceito do que é fazer drag.“

Fãs do programa lembraram que duas mulheres transgêneros participaram da competição: Peppermint (9ª temporada)  e Monica Bervely Hilz (5ª temporada), porém outras artistas (Carmen Carrera, Sonique, Jiggly Caliente, Gia Gunn) também passaram pela transição após a sua participação.

DEIXE UMA RESPOSTA