Candidato ao governo de Goiás Fabrício Rosa
Candidato ao governo de Goiás Fabrício Rosa (Foto: Reprodução/Facebook)

O agente da Polícia Federal (PRF) de Goiás, Fabrício Rosa, será o primeiro político abertamente gay a concorrer ao título de governador do estado nas eleições deste ano pelo PSOL. Em entrevista ao jornal Opção, o pré-candidato ao cargo afirmou que irá levantar a bandeira LGBT durante a campanha.

“Trata-se da minha própria existência. Já sofri muito por ser gay, fui expulso de casa e não quero que isso aconteça com outras pessoas. Esta é uma pauta civilizatória”, explicou ele pontuando outras questões importantes na sua agenda como a legalização da maconha e a desmilitarização da polícia.

Leia Mais: Uma Mulher Fantástica é o primeiro filme estrelado por transgênero a vencer o Oscar


Atuante em diversos movimentos sociais, o socialista afirma que a maioria dos agentes públicos pensa como ele. “O policial tem que ser treinado para a cidadania. Por mais que vivamos em um país violento, há excessos que precisam ser combatidos. E não sou exceção: 80% dos policiais militares são a favor da desmilitarização. O que acontece é que a militarização impede que o grosso da polícia – os soldados – exerça seu direito de expressão”, declarou.

Uma educação pública livre do interesse privado, além da maior participação social na Saúde entre outras áreas da administração também são outras pautas a serem defendidas por Rosa.