A atriz Daniela Vega, em seu discurso no Oscar
A atriz Daniela Vega, em seu discurso no Oscar (Foto: Reprodução/Instagram)

A prefeitura de Ñuñoa, distrito de Santiago, e cidade natal de Daniela Vega, protagonista de Uma Mulher Fantástica, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, desistiu de entregar o prêmio de cidadã ilustre para a atriz depois da conquista na premiação do cinema.

O prefeito do município Andrés Zarhi afirmou que os motivos para que o Conselho Municipal voltasse atrás na decisão seriam os documentos da artista que ainda constam o nome de batismo em seus registros civis, portanto, o nome masculino.

Leia Mais: Após Oscar de “Uma Mulher Fantástica”, Chile acelera projeto de lei sobre direito trans


“A quem estaremos entregando o prêmio? Se temos a identidade de um homem, não podemos entregá-lo a uma mulher”, afirmou o gestor em entrevista à rede BBC, nesta terça-feira (06).

Porém, apesar da baixa, Vega não irá sair sem nenhuma distinção pelo feito na maior premiação do mundo. A prefeitura pretende contemplá-la com outra distinção, através do Prêmio Comunal A Las Artes (Prêmio Municipal às Artes) pela vitória no Oscar.

DEIXE UMA RESPOSTA