Facada
Facada (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Salvador divulgou o retrato falado do homem suspeito de realizar diversos ataques contra travestis no bairro da Pituba, orla da capital baiana, nos dias 21 de fevereiro e 03 de março, de acordo com as vítimas.

Pelo menos, três travestis, que utilizam o local como ponto de prostituição, foram atingidas com golpes de faca no rosto e pescoço em casos muito semelhantes. As vítimas descreveram o homem como sendo moreno, alto, com cavanhaque, e sempre usando boné, casaco e calça jeans.

Leia Mais: Vereadora do PSOL Marielle Franco é brutalmente assassinada no Rio


As ocorrências registradas aconteceram com o intervalo de dez dias e fizeram o ponto utilizado para prostituição ser pouco frequentado pelas profissionais do sexo, que ficaram com medo de novos ataques.

O Grupo Gay da Bahia pede que as pessoas que tenham alguma informação para a localização do suspeito, façam uma denúncia anônima através do telefone (71) 3116-3114.

Retrato Falado de suspeito de ataques transfóbicos em Salvador
Retrato Falado de suspeito de ataques transfóbicos em Salvador (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

DEIXE UMA RESPOSTA