Uerj
Uerj [Foto: Reprodução/Instagram]

Estudantes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) denunciaram várias pichações de cunho homofóbico nas paredes do banheiro da instituição de ensino. As mensagens são escritas em vermelho nas paredes brancas, assinadas com a cruz suástica, símbolo do nazismo alemão.

“Se pegarmos viado se chupando e dando o c* cagado nessa porra, vai morrer os dois!!”, diz uma das mensagens preconceituosas. No sanitário feminino, também há declarações semelhantes, em ambas encerram com a seguinte ameaça: “Outubro tá chegando!”

Ao G1, alunos da universidade afirmaram que as palavras de discurso de ódio estão circulando não só nos banheiros, como também em outros locais do prédio desde meados de 2017.


Leia Mais: Muçulmano mente ser gay para não ser deportado da Austrália

“Esses casos acontecem desde meados do ano passado. O nono andar é metade do curso de Educação Física e o outro lado é o curso de História, é tipo uma ‘Faixa de Gaza’”, afirmou um estudante que preferiu não se identificar.

Em nota, a administração da faculdade informou que repudia qualquer tipo de manifestação de ódio e intolerância nas suas dependências e garantiu que as pichações serão apagadas pela equipe de limpeza.

DEIXE UMA RESPOSTA