Cantora trans Linikerno Lollapalooza
Cantora trans Liniker no Lollapalooza [Foto: Reprodução/Instagram]

Um dos shows mais aguardados do sábado (24) no Lollapalooza, Liniker e os Caramelows não puderam encerrar a sua apresentação como planejado, por ter sido interrompida por problemas técnicos, ocasionados por uma queda de energia.

Faltando apenas 15 minutos para encerrar o show, um problema na caixa de som obrigou a banda a terminar a presença no palco. Inicialmente o grupo, que lançou música recentemente interrompeu o show com a promessa de retornar após o reparo. Visivelmente chateada, a cantora trans Liniker voltou após dez minutos de espera dos fãs para comunicar que não poderiam prosseguir. 

Leia Mais:


Shawn Mendes foi cotado para protagonizar drama gay “Com Amor, Simon”

Levantamento revela tamanho médio do pênis humano; saiba se está no padrão

Emocionada, Liniker agradeceu a presença dos fãs se dizendo feliz por estar representando a comunidade LGBT, trans e negra pela primeira vez no festival. Nos bastidores ela se mostrou estar arrasada e chegou a chorar e cancelar todas as entrevistas marcadas para o dia. O anúncio irritou a plateia que após o fim do show começou a protestar contra o festival. “Ei Lolla, vai tormar no c*!”, gritou a multidão enfurecida.

Em um comunicado oficial, a banda diz “estar triste por não ter feito o show completo, que preparou com tanto carinho para a ocasião, mas também consciente de que a apresentação estava linda.”