Foto censurada pelo Instagram causou revolta
Foto censurada pelo Instagram causou revolta (Foto: Reprodução/Instagram)

A foto do beijo entre um casal gay, após um passeio pelas ruas de Madrid, vem causando repercussão nas redes sociais, após a imagem ser censurada no Instagram, sob as justificativas que o post era “inapropriado” e que atentava contra os “direitos dos utilizadores”.

Surpreso, o dono do perfil que sofreu a censura, Álvaro Martínez, voltou a publicar a imagem, juntamente com um texto que demonstra toda a sua insatisfação com a atitude da rede social.

“Parece que algumas fotos incomodam as pessoas. A inveja sempre foi má companheira do ser humano. Vive e deixa viver. Amar é amar, independentemente da condição sexual”, escreveu ele.


Leia Mais:

“Aceitem a juventude LGBT”, pede cantor Dan Reynolds em post com foto de show no Brasil

Vítima de LGBTfobia, Mulher trans é atropelada e quase perde a perna no Rio

O registro foi rapidamente compartilhado nas redes sociais e conseguiu em cinco dias mais de 185 mil curtidas e 75 mil comentários, os quais a maioria apoiam a decisão do jovem gay e criticam o Instagram, acusado de ser homofóbico.

Toda a manifestação surtiu efeito. Dois dias depois do corte e do protesto, o site desbloqueou a foto, trazendo-a de volta a conta. O rapaz reagiu agradecendo a mudança de postura e o apoio recebido, esperando, ainda, uma justificativa por parte do Instagram.