Grindr
Grindr [Foto: Divulgação]

Após descobrir um bug no sistema do Grindr que permite ver quais os usuários que foram bloqueados por outros no aplicativo, o profissional de tecnologia Trevor Faden, achou mais uma falha que revela a exata localização de quem está logado na plataforma.

Em entrevista a NBC, Faden contou que a partir desta falha no sistema teve acesso a várias informações estritamente pessoais que não estão disponíveis de maneira pública no app, como  mensagens não lidas, endereços de e-mail, fotos excluídas e dados de localização.

Leia Mais:


Estado de Maryland aprova lei que proíbe “cura gay” em menores de idade

Roteirista revela desejo de incluir cenas de nu frontal em Me Chame Pelo seu Nome

“Poderíamos assim, sem muita dificuldade ou até mesmo sem uma enorme habilidade tecnológica, identificar facilmente a localização exata de um usuário”, disse ele.

A descoberta da localização exata pode expor a perigo a vida dos usuários do Grindr. “Há um milhão de razões pelas quais você pode não querer que alguém encontre sua localização através do Grindr”, afirmou o pesquisador de segurança da Electronic Frontier Foundation a emissora norte-americana.