O enfermeiro Jared Jacobs morto no incidente
O enfermeiro Jared Jacobs morto no incidente (Foto: Acervo Pessoal)

O enfermeiro Jared Jacobs, de 25 anos, morreu na quarta-feira (21) após um homem jogar um carro contra uma multidão que estava do lado de fora do bar Bayou City & Grill, localizado em Houston, no Texas, e muito frequentado pela comunidade LGBT.

De acordo com testemunhas, o veículo estava em alta velocidade quando foi lançado contra as pessoas. O profissional de saúde ficou ferido e foi levado a um hospital da região, mas não resistiu. Outro homem de 23 anos também foi socorrido com ferimentos na perna e tronco direito

Cordale Robinson, de 25 anos, foi acusado como responsável pelo incidente, e levado em custódia após a polícia chegar ao local, e não encontrou mais incidentes. Ele deve responder pelo crime de homicídio e agressão agravada com arma mortal durante o ataque, de acordo com informações do Houston Chronicle.


Leia Mais:

Polícia do DF prende travestis suspeitas de matar cliente a facadas

39% dos russos acreditam que LGBTs estrangeiros podem ser atacados durante a Copa do Mundo

Apesar dos relatos de presentes que ele jogou o carro de forma intencional contra a multidão, pessoas próximas a Robinson afirmam que ele tentava fugir de uma briga no momento do ocorrido.

Em comunicado, o Houston Methodist San Jacinto Hospital, onde Jacobs trabalhava no setor de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) prestou uma homenagem ao funcionário. “Com profunda tristeza, soubemos da morte hoje de Jared Jacobs, um enfermeiro da UTI do Houston Methodist San Jacinto Hospital, após um trágico incidente na manhã de quinta-feira em Houston”, disse a nota.