Molly Stevens no The Voice
Molly Stevens no The Voice (Foto: Divulgação)

Candidata da atual temporada do The Voice norte-americano Molly Stevens rebateu, em suas redes sociais, os comentários feitos pela cantora Kelly Clarkson, uma das juradas do reality show, que a comparou com outras artistas lésbicas, como ela.

Na ocasião, Clarkson comparou a participante com ícones LGBT populares Melissa Etheridge e as Indigo Girls, apesar de se dizer honrada com a declaração, a cantora acredita que a colocação está carregada de estereótipos. “Embora esteja extremamente honrado por estar nessa categoria de talentos, acredito que esse comentário nos fez um desserviço e só nos jogou numa armadilha de rotulagem. Senti-me com uma mente pequena e exatamente o que sinto que precisamos chamar a atenção para o mundo”, escreveu em seu perfil no Instagram.

Eu sou uma cantora e compositora que por acaso é gay. E assim é Melissa Etheridge e as Indigo Girls. Ainda bem que posso trabalhar com este hoje… mas é um estereótipo comum que acontece com muita frequência. As pessoas nos colocam em caixas. Que tal hoje eu sou apenas Molly Stevens e você também é você”, continuou.


Leia Mais:

Astros de hollywood organizam sessões gratuitas para drama gay “Com Amor, Simon”

Ativistas protestam contra Luis Lobianco por protagonizar peça sobre trans

Em resposta, Kelly rebateu dizendo que não foi a única a fazer a comparação no júri. “Eu comparei Molly com Melissa Etheridge, Patty Griffin (um nome que ficou de fora convenientemente), e as Indigo Girls puramente por causa da voz rouca dela e que ela é uma incrível contadora de histórias.”

Diante da situação, Stevens então recuou. “Eu sinto muito por ter causado qualquer dor e machucar com alguém. Aprendi minha lição para não processar meus pensamentos nas mídias sociais hoje. Especialmente no dia depois de ser exibido no The Voice. Lamento profundamente. Espero que nossos caminhos se cruzem logo para que eu possa lhe dizer pessoalmente”, disse.