Armie Hammer e Timothée Chalamet no filme Me Chame Pelo seu Nome
Armie Hammer e Timothée Chalamet no filme Me Chame Pelo seu Nome (Foto: Divulgação)

O artista filipino Mika Labrague decidiu retratar cenas do drama gay Me Chame Pelo seu Nome, de Luca Guadagnimo, em obras inspiradas no estilo do pintor Oscar-Claude Monet, um dos maiores impressionistas do século XIX, que tem como características pinturas que retratam impressões a partir da luz que incide no local, sem mostrar fielmente a realidade.

Nas imagens divulgadas em um perfil no Instagram, as paisagens dos quadros de Monet, como Villas in Bordiguera, Olive Trees e The Sheltered tornam-se cenário para o romance dos personagens Elio (Timothée Chalament) e Oliver (Armie Hammer), em algumas das postagens aparece Marzia, papel de Esther Garrel, no longa metragem, vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado deste ano.

Leia Mais: Crítico Rubens Edwald Filho volta a se defender de acusações transfóbicas durante o Oscar


A história se passa no sul da Itália e conta como um jovem acadêmico se apaixona pelo amigo do seu pai. As imagens que servem de cenário para a trama, inclusive, serviam de inspiração para o próprio Monet para pintar suas obras.

Não por acaso, o autor do livro que baseou o filme, André Aciman, afirma que a inspiração foi em uma publicação de 1884, que trazia pinturas de uma vila cercada de verde ao redor. “A vila no [quadro de] Monet. A visão da casa. Eu amei a casa, e queria as pessoas nela. Eu não tinha ideia de que isso seria realmente feito lá”, disse.

 

DEIXE UMA RESPOSTA