A drag queen Pabllo Vittar
A drag queen Pabllo Vittar (Foto: Reprodução/TV Globo)

Como anunciado anteriormente, a drag queen Pabllo Vittar foi uma das atrações do desfile da Beija Flor de Nilópolis, que encerrou as atividades da Sapucaí, na madrugada desta terça-feira (12).

Vestida com um maiô e botas prateadas, a cantora subiu ao carro alegórico que, neste ano, trouxe como tema a intolerância, desigualdade social e corrupção. Em entrevista antes de subir na alegoria, ela falou da emoção de atravessar a avenida defendendo uma escola:

Leia Mais:Bailarina se torna primeira Rainha de Bateria Trans do carnaval de São Paulo


“Não estou nervosa, estou cansada. Momento histórico porque eu sempre via pela televisão com a minha mãe. Ela é Mocidade, mas vai torcer por mim. Venho carregando uma bandeira linda na Sapucaí, de uma gente de bem”, afirmou.

No momento de subir no carro, porém, a performer se mostrou apreensiva. “É seguro? Estou com medo, balança”, disse ela. Empolgada com a experiência, a cantora agora planeja defender outros títulos no carnaval. “Acho chique ser chamada pra rainha. Se me chamarem eu venho com certeza. Samba no pé eu já tenho”, deu a dica.

Com informações do G1 e UOL