LGBTfobia
LGBTfobia (Foto: Reprodução)

Um jovem de 17 anos foi espancado por outros seis rapazes, na saída de uma festa, no último fim de semana, na cidade de Três Lagoas, localizada a 338 quilômetros de Campo Grande. A vítima afirma que a motivação para o ataque tenha sido homofobia.

Em depoimento à polícia, o adolescente contou que foi cercado por um grupo de homens, que iniciaram uma sessão de tortura contra ele. Os homens deram um golpe nas suas costas, e o levaram para um matagal, onde foi espancado até desmaiar.

Leia Mais:


Calendário feminista arrecada fundos para Biblioteca da Diversidade

Ativistas promovem “beijaço” para protestar contra homofobia em Buenos Aires

Quando acordou, o garoto ouviu os agressores dizer: “Achei, agora vamos matar”. Foi a deixa para ele fugir rastejando e conseguiu se esconder na mata. Após os rapazes irem embora, a vítima conseguiu chegar até um restaurante próximo a um posto de gasolina, para pedir ajuda, que foi negada por uma funcionária que alegou estar em expediente de trabalho.

Mesmo com dificuldade, o rapaz conseguiu caminhar até a casa de sua ex-sogra, que o levou até  uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e foi atendido por médico. Não há informações sobre a localização dos autores do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA