Grindr
Grindr [Foto: Divulgação]

Um jovem de Haverhill, nos Estados Unidos, se tornou a mais nova vítima de assaltantes que atraem seus alvos através de encontros marcados pelo aplicativo de pregação gay Grindr.

De acordo com o depoimento do adolescente a polícia, ele havia marcado uma saída com
Lorenco Gjegji, de 19 anos e Joshua Blanchard, de 18, através da ferramenta para apenas fumar maconha juntos.

Leia Mais: Polícia identifica homem que agrediu ator supostamente por homofobia


Entretanto ao chegar no local marcado, três homens saíram de dois carros levaram o seus tênis, celular e dinheiro roubados, além de sofrer agressões como chutes e um ataque de um bastão. Outros três acusados são Cade Ford, Richard Pedro, Joseph Clohisy, também com a mesma faixa etária que os demais envolvidos.