Após boicote, presidente da Riachuelo posta vídeo com apoio de funcionários LGBTs da loja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diante da repercussão sobre a aliança que o presidente da Riachuelo Flavio Rocha firmou com a igreja Sara Nossa Terra – uma das congregações que faz parte da bancada evangélica no Congresso, que luta entre suas pautas contra o casamento homoafetivo e o que chamam de ideologia de gênero, rendendo um boicote da comunidade LGBT à marca – o dono do conglomerado de lojas de departamento divulgou um vídeo com funcionários gays em apoio a ele.

Nas imagens, vários colaboradores aparecem dando o seu depoimento sobre como é trabalhar na empresa e afirmam nunca ter sofrido nenhum tipo de discriminação durante o trabalho por nenhum de seus superiores. As imagens foram publicadas nos perfis das redes sociais de Rocha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais: Marca de sorvetes lança plataforma para o combate da LGBTfobia no carnaval

O empresário faz parte da bancada evangélica, que nestas eleições pretende firmar uma parceria com a Católica para eleger cerca de 200 deputados nas urnas em outubro, e acredita que a posição sobre os princípios será um diferencial para os candidatos vencerem a corrida eleitoral, de acordo com a coluna Estadão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio