Bandeira do Orgulho Não-binário
Bandeira do Orgulho Não-binário [Foto: Reprodução/Internet]

Uma pesquisa realizada pelo instituto OpinionWay e divulgada no jornal Francês 20 Minutes, na semana passada, revelou que 13% dos franceses não se identificam como sendo do sexo masculino, nem do feminino.

O estudo concluiu que os jovens entre 18 e 30 anos, são a maioria dos que revelaram não se sentir socialmente encaixados nos gêneros aos quais foram designados ao nascer. Porém, quando reúnem-se todas as faixas etárias o número cai para 6%.

Leia Mais: Ana Carolina posta foto dando a língua como recado à namorada Letícia Lima; entenda


O levantamento ainda afirma que 8% dos entrevistados se mostram como sem gênero. Outros 11% preferem o termo genderfluid, mas 36% acreditam que “não-binário” seria a melhor classificação.

“Estas pessoas colocam em causa a dimensão fixa e binária do gênero: ou elas são nômades do gênero, ou preferem não explicitar seu gênero”, explicou Arnaud Alessandrin, sociólogo especializado em gênero e discriminações da Universidade de Bordeaux.

DEIXE UMA RESPOSTA