bandeira lgbt
Bandeira LGBT (FOTO: Reprodução/Internet)

Um crime brutal tem chocado toda a comunidade LGBT. Um vídeo mostra uma pessoa sendo assassinada de maneira cruel com golpes de machado. Segundo rumores, a motivação para o crime é a homofobia. As informação são do site NLucon.

Nas imagens, cinco homens agridem o suposto membro da comunidade LGBT – não se sabe se trata de um homossexual cis ou uma travesti em início de transição – com blocos de cimento e pauladas.

Leia Mais:


Censura em mostra LGBT é tema da redação do vestibular da Fuvest

Inauguração de bar LGBT em Salvador é marcada por ataque homofóbico

A vítima tenta reagir, mas não resiste ao ser surpreendida por uma machadada. O crime teria acontecido em um local público em plena luz do dia. Ainda segundo especulações, o fato teria acontecido em Fortaleza, capital do Ceará, segunda cidade com mais registros de morte por homofobia no Brasil, só perdendo para São Paulo.

A reportagem do NLucon entrou em contato com a polícia, associações e políticos de Fortaleza, mas até o momento nenhuma das fontes proocuradas soube confirmar se o caso de fato, pode ser considerado um crime LGBTfóbico.

Em respeito à vítima e aos seus famíliares, o Observatório G, não irá publicar o vídeo ou qualquer outra imagem do crime.