Transformista Reinaldo Reis
Transformista Reinaldo Reis [Foto: Reprodução/Facebook]

Desaparecido há quatro dias, o transformista Reinaldo Reis foi encontrado morto dentro de casa, no bairro de Benedito Bentes, em Maceió. Essa é a 23ª morte de um homossexual registrada no Estado do Alagoas. As informações são do G1.

De acordo com o tenente Maxuel, do 5º Batalhão, vizinhos passaram a se queixar do mau cheiro que vinha de dentro do apartamento do performer. Ao arrombarem a porta, encontraram o corpo caído no banheiro com um corte no pescoço.

“Ele estava desaparecido. A vizinha que mora embaixo do apartamento começou a sentir um mau cheiro e chamou os outros vizinhos. Eles arrombaram a porta e encontraram a vítima. Ele estava em avançado estado de decomposição, havia muita mosca no local”, afirmou o tenente.


Leia Mais:

Jogador do vôlei LGBT Daniel, a Danny, morre em Manaus

Após polêmica com Hirota, Carrefour lança cartilha sobre respeito a diversidade

Os institutos de Criminalística (IC) e de Medicina Legal (IML) foram ao local e recolheram o corpo da vítima. A Delegacia de Homicídios está à frente das investigações do caso.

O presidente do Grupo Gay do Alagoas, Nildo Correa fez uma publicação em seu perfil no Facebook, na qual alega que a vítima foi encontrada com sinais de degolo, mas a polícia informou ser um corte no pescoço.

Reinaldo era a pessoa por trás da personagem Adrielly Reys. “Reinaldo Reis nos deixa um legado de muita sabedoria e riqueza cultural. Adrielly, que brilhou em muitos palcos de Alagoas e fora do país, a partir de agora brilhará e abrilhantará junto a outras estrelas, em outras constelações”, escreveu Correa.

DEIXE UMA RESPOSTA