Jogo de Futebol do Brasil
Jogo de Futebol do Brasil [Foto: Divulgação/CBF]

Muito presente no futebol como um todo, a homofobia nos estádios durante as eliminatórias da Copa do Mundo na Rússia, no ano passado, custou as confederações do esporte 4 bilhões de reais, na qual o Brasil teve que desembolsar R$ 336 mil como parcela deste total, através da CBF.

No ranking das nações que mais tiveram torcedores entoando gritos homofóbicos, o Brasil aparece na sexta posição. Durante os jogos foram relatadas, cinco vezes que os problemas aconteceram e rendeu as multas.

Leia Mais:


Após Tiffany, jogadora trans passa a defender Chapecó no vôlei de praia

Jogador é suspenso da Liga de Overwatch após comentário homofóbico contra rival gay

A lista divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, ainda revelou que dos 15 países notificados pelo ato, 12 estão localizados na América Latina. Dos dez membros da Conmebol, oito foram autuados por homofobia somando 794 mil reais. O Chile aparece em primeiro lugar, seguido da Argentina, Honduras, México e Peru.

Os países de El Salvador, Panamá, Colômbia, Equador, Paraguai e Uruguai também figuram a lista. Da Europa, apenas Grécia, Sérvia e Hungria foram os únicos a receberem punição da Fifa por causa de homofobia. Segundo a Fifa, o valor arrecadado será revertido em entidades sociais que promovem o esporte ao redor do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA