Nome social
Nome social (Foto: Reprodução/Internet)

No dia da visibilidade trans – celebrado no próximo 29 -, a prefeitura de São Paulo promove um Mutirão de Retificação do Nome e Gênero, que dá a oportunidade a transgêneros de fazer a mudança do nome civil para o social, e também corrigir para o gênero correto.

A ação faz parte da campanha São Paulo com Respeito, e tem o limite de 50 atendimentos, para fazer a troca. Para terem o direito, os interessados deverão se inscrever em um dos centros de Cidadania LGBT da capital, entre os dias 10 e 29 deste mês.

Leia Mais:


Vídeo de jovem anunciando transição de gênero para família viraliza nas redes sociais

São Paulo recebe caminhada em combate à transfobia

A transferência para o nome social é importante para evitar que as pessoas transgêneros sofram com constrangimentos. Como aponta, Laura Prevato, mulher trans integrante do Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais (Cais), para ela o ato torna-se até uma medida de segurança.

“Com certeza a retificação traz autenticidade em todos os aspectos, desde entrevistas de emprego até uma simples consulta no médico. É a formalização física, no papel, de quem você realmente é”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA