Bandeira trans
Bandeira trans (Foto: Reprodução)

Em plena semana da Visibilidade Trans, a Coordenadoria de Política LGBT de São Paulo organiza o 1º Mutirão de Retificação de nome para pessoas transgêneros, com a ajuda de amparo jurídico. Todos os interessados poderão entrar com o pedido de troca de documentação, através dos centros de cidadania espalhadas pela cidade.

“Ao todo, existem 175 pessoas na fila para ajudarmos na modificação dos documentos”, afirmou o advogado Marcelo Gallego, assessor jurídico de politicas públicas. As informações são da Veja São Paulo.

Leia Mais:


Semana da Visibilidade Trans em Sergipe debate direitos e cidadania

“As pessoas não julgariam”, afirma Liz Carmouche sobre gays no UFC

A Coordenadoria ainda firmou uma parceria com o Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual do Hospital das Clínicas para facilitar a obtenção de laudos médicos para dar entrada na mudança de nome civil. “Existe muita demanda nesse sentido, a troca de nome para muitas trans é algo fundamental.”

DEIXE UMA RESPOSTA