O lutador Paulo Borrachinha
O lutador Paulo Borrachinha (Foto: Reprodução/Facebook)

A pedido do Deputado Federal pastor Marco Feliciano (PSC-RJ), o lutador Paulo Henrique Costa, o Borrachinha, considerado uma das maiores promessas do UFC atualmente, publicou um vídeo em seu perfil no Facebook, no qual comenta o desempenho da lutadora norte-americana Fallon Fox, mulher transgênero que briga nos embates femininos de MMA.

Segundo ele, por nascer com uma estrutura corporal de um homem trava uma concorrência desleal com as mulheres que enfrenta no ringue. “Ele tem feito uma covardia absurda, não só ele como os promotores desse evento que aceitaram esse tipo de absurdo. Ele tem simplesmente aniquilado com as meninas que tem lutado contra ele, ele tem massacrado, colocado a integridade física delas em risco”, afirmou.

“É um homem lutando contra mulheres como se fosse uma e isso é um absurdo que não pode ser aceitado. (…) Não é porque uma pessoa se autodenomina transex, ou que faça uma cirurgia de mudança de sexo, que ela vai mudar a estrutura física dela do dia pra noite”, disse.


Leia Mais:

“Ficou insustentável fingir que não existimos”, declara Linn da Quebrada sobre movimento LGBT

Luis Lobianco responde protestos contra peça em que vive personagem trans

Borrachinha ainda acrescentou que autoridades políticas no Brasil deveriam intervir. “O que ele tem feito é um massacre, e então eu estou aqui para alertar e pedir atenção das autoridades políticas do nosso país, deputados e senadores, que possam formular um projeto de lei para coibir que situações desastrosas como essa possam acontecer aqui no Brasil.”

Por fim, Costa encerra o seu pronunciamento se colocando à disposição para enfrentar Fallon Fox e promete dar uma surra na lutadora. “Eu adoraria que esse Fallon Fox lutasse contra um lutador homem, um lutador preparado para dar uma surra nele. Inclusive, eu me coloco à disposição, eu lutaria com ele de graça, em qualquer lugar, só pra dar uma surra nesse cara. Não precisaria nem de muito tempo, alguns minutinhos”, finalizou.