Nicholas Prett, se passava por médico para conseguir namorado em hospital
Nicholas Prett, se passava por médico para conseguir namorado em hospital (Foto: Reprodução/Jornal The Courrier)

Um jovem australiano, de 25 anos, foi condenado à prisão no último dia 21, por causa de um tipo muito peculiar de fraude: Ele se passava por médico para entrar nos hospitais de Brisbane, para flertar com outros profissionais de saúde, na esperança de conseguir um namorado.

De acordo com o jornal local “Courier Mail”, Nicholas Brett roubou um crachá de um hospital infantil e passou seis meses visitando tanto esta instituição, a Lady Cilento, quanto o Ronald McDonald House, que faz parte da mesma rede.

Uma vez dentro dos centros médicos, sob a identidade de “Dr. Nick Delany”, ele tentava se enturmar com a equipe. A investigação preliminar da polícia constatou que não houve interação com os pacientes, apenas tentava de conhecer outros homens do local, a fim de se relacionar.


Leia Mais:

Deputado Federal do MT acusa Globo de fazer apologia à homossexualidade: “Falta de vergonha”

Após polêmica com Hirota, Carrefour lança cartilha sobre respeito a diversidade

A farsa foi desfeita após um profissional de saúde perceber que ele costumava errar termos médicos, básicos e muito comuns ao conversarem. Após ser pego, Nicholas confessou às autoridades as suas reais intenções.

Na primeira audiência do caso, o falso médico se declarou culpado dos crimes de duas invasões de propriedade privada e uma tentativa de fraude. A sentença deve ocorrer ainda este mês.